Pular para o conteúdo principal


                                            
                                            SANGUE PELA VIDA

Quando trabalhava como voluntário em um hospital, conheci a menininha Liz. Ela sofria de uma doença rara e terrível. Sua única chance de recuperação seria uma transfusão de sangue de seu irmãozinho mais velho, de apenas cinco anos de idade. Milagrosamente, ele havia sobrevivido à mesma doença e, portanto, tinha desenvolvido os anticorpos necessários para combatê-la.
 O médico explicou toda a situação para o menino e perguntou se ele aceitava doar o sangue dele para a irmã.  Eu o vi hesitar um pouco, pensar, respirar profundamente e dizer:
_ Tá certo. Eu topo, já que é para salvar a minha irmãzinha.
 À medida que a transfusão foi progredindo, ele estava deitado na cama ao lado da cama da irmã. Ele sorria, assim como nós, ao ver as bochechas dela voltarem a ter cor. De repente, o sorriso dele desapareceu. Ele empalideceu, olhou para o médico e perguntou com voz trêmula:
 _ Eu vou começar a morrer logo?
 Por ser tão pequeno e novo, o menino não interpretou bem as palavras do médico. Ele havia entendido que teria de dar todo o sangue dele para salvar a vida da irmã!
 Ninguém tem maior amor do que aquele que dá sua vida pelos seus amigos Jo 15.13.
 Jesus fez exatamente isso por você e por mim. Deu a sua vida, morrendo na cruz do Calvário, recebendo sobre si todo o meu e o seu pecado para que o seu sangue fosse propiciação para a salvação de quem nele crê.
 Você já aceitou a Jesus como seu salvador?

 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho Unigênito (Jesus), para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo 3.16

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O AMOR É A RESPOSTA
Marido ideal é aquele que entende o que a mulher não disse.